Os 3 melhores livros de cozinha para ler ao deitar

Sabes que é possível ler livros de cozinha na cama, antes de dormir? Há fanáticos para tudo e esta Glow Chef faz dessas coisas de vez em quando…

A primeira… a grande Nigella Lawson

Uma boa “food writer” – como é que posso traduzir a designação para português? – é tão inspiradora como uma boa romancista. E estou a falar no feminino porque sim, escrever “bom(a)” fica desastrado. E é uma forma de homenagear a primeira escritora a despertar a minha curiosidade para este género de escrita: a Nigella Lawson.

Quem é assim mais antigo lembra-se que a Nigella começou por ser jornalista. E tinha uma coluna regular na Vogue inglesa, que, depois de descoberta, rapidamente se tornou uma das minhas leituras favoritas. A Nigella dos primeiros tempos era absolutamente fantástica, pictórica na forma como descrevia ambientes e sabores. Não há vocabulário igual. Infelizmente, já tentei encontrar estas crónicas na internet e … nada 🙁

Mas estou a divagar: o primeiro livro da Nigella Lawson chama-se “How to Eat“, foi publicado em 1998 mas eu só o comprei em 2001 e, não exagero, mudou a minha vida. Bom, pelo menos a minha vida na cozinha.

É o chamado “tijolo” e tem tantas fotos como o número de capítulos. Pára uns segundos… não me enganei na descrição, este livro não tem quase fotos nenhumas. E mesmo assim, a escrita da Nigella consegue fazer-nos visualizar a execução de cada receita como se estivéssemos a ver um programa de televisão.

Não sei porque é que nunca traduziram para português. Compra-o urgentemente na Amazon.co.uk, se gostares de ler em inglês.

Glow, Chef, Livros, Gordon Ramsay, Nigella Lawson, Nigel Slater

O humildemente snob… Nigel Slater

Desculpa, este também não está traduzido em português. Mas o Nigel Slater é um fantástico escritor. Um pioneiro do “home cooking made easy” – não é sempre “healthy” mas é decididamente sempre “easy“!

O meu favorito entre os livros do Nigel Slater é o Kitchen Diaries. O primeiro deles – já há uma sequência de 3 – foi editado em 2005. Segue cronologicamente um ano de cozinha em casa do Nigel. De forma muito pessoal e muito acessível, ele relata o que se ia passando na sua cozinha, nas suas compras, nas suas invenções… Descreve as receitas tal como as faz, com sentimento e intuição. Muito  inspirador e uma excelente leitura noturna.

O expressivo-agressivo… Gordon Ramsay

Curiosamente, o Gordon Ramsay foi um pioneiro na alimentação saudável em casa. Digo curiosamente porque não me parece que promova esse facto, nem sequer promove o livro que o posicionou assim: chama-se “Apetite Saudável” – este está editado em português.

Neste livro, publicado em 2013, o Gordon Ramsay descreve o seu processo de regresso ao desporto e à saúde, depois de anos de stress e peso excessivos, e dá-nos uma perspectiva muito funcional da cozinha, com receitas ótimas e bastante informação útil. A forma como o livro está organizado e escrito, a informação que transmite e a forma simples como as receitas estão apresentadas tornam este livro o meu #3 de melhores livros de cozinha para ler à noite.

E, bom, aqui ficam os meus três favoritos absolutos. Entretanto o mundo da alimentação saudável cresceu muito e a minha coleção de livros também. E eu vou partilhando.

Gostava muito de saber: também lês livros de culinária ao deitar?  Quais são os teus favoritos?

Escreve um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *