Caril Rápido de Peito de Peru
Almoço & Jantar, Receitas

Caril rápido de peito de perú

Perú: excelente fonte de proteínas magras

Em minha casa comemos perú todo o ano, não é só no Natal!

Já tiveste a oportunidade de experimentar o meu rolo de carne de perú? Está aqui!

As proteínas são o macro-nutriente que é mais fácil de descurar na alimentação moderna, infelizmente. E devemos comê-las nas quantidades recomendadas a todas as refeições, lanches e snacks incluídos.

É por isso que cá em casa os jantares são sempre muito simples e ricos em proteínas magras – quero assegurar que não importa onde almocem, pelo menos ao jantar os meus filhos vão ter um shot deste importante macro-nutriente.

O peito de perú (sem pele) tem cerca de 24 gr de proteínas por 100 gr de carne, com apenas 1,3 gr de gordura e 57 mg de colesterol.

Tenho muitas receitas simples que satisfazem os paladares exigentes do pessoal pequeno mas que também não me obrigam a passar horas na cozinha. Esta é uma delas – um exemplo de como podemos usar alguns ingredientes pré-preparados de boa qualidade, para nos facilitar a vida. Neste caso é o caril tailandês.

Glow, Chef, receita, perú, caril, saudável, fácil, proteína, magra, paleo

Os principais supermercados já têm áreas de cozinha internacional (ia escrever ‘exótica’ mas tive medo que alguém levasse a mal). Aí encontras várias pastas de caril, tanto indianas como tailandesas. Eu gosto muito do caril tailandês e opto pela versão amarela porque é o menos picante. Quem gosta de picante pode experimentar o verde ou o vermelho.

Aproveito para te dar a dica: o verde liga muito bem com peixe. De vez em quando também faço, fica para um próximo artigo.

Atenção aos ingredientes

Nestes produtos é muito frequente encontrarmos ingredientes que não são muito saudáveis como óleo de palma, açúcar em várias formas, conservantes dificilmente pronunciáveis… por isso não abuso nem em quantidade nem em frequência.

Os supermercados biológicos começam a ter versões menos artificiais destas pastas e eu descobri no Miosótis esta pasta de caril tailandês biológica que resolvi experimentar e ainda bem porque é bem boa!

Caril – porquê rápido?

O caril, para ser feito como deve ser, é um prato de tacho que leva algum tempo a preparar. Eu inventei esta forma de fazer, tens um sabor muito simpático para o dia a dia e estás na cozinha muito menos tempo.

Basicamente, são papelotes de peito de perú temperado com caril e leite de coco. Demoras 5 minutos a fazer a marinada e mais 5 minutos a montar os papelotes. Depois, 20 minutos no forno a 180º e já está!

Para maximizar o sabor, prepara a marinada na noite anterior e deixa o perú ganhar sabor no friorífico até ao dia seguinte.

Low carb

Podes acompanhar este perú com salada, com arroz, com massa – enfim, o que quiseres!

Eu fiz noodles de curgete, o que tornou tudo mais leve, menos calórico e totalmente coerente com os parâmetros da cozinha paleo.

Caril rápido de perú, ou …

Papelotes de perú com caril tailandês e leite de coco

Ingredientes

para 3 pessoas

  • 450 gr de peito de perú, cortado em cubos médios
  • 150 ml de leite de coco
  • 1 colher de sopa de pasta de caril tailandês, de preferência biológica
  • 1 colher de chá de gengibre ralado
  • 2 colheres de chá de sumo de lima
  • Sal e pimenta para temperar
  • Umas folhas de coentros para decorar

Caril rápido de Peito de Perú

Método

Começa por preparar a marinada:

  • Mistura o leite de coco, a pasta de caril, o gengibre e o sumo de lima numa taça.
  • Mexe bem para ficar homogéneo.
  • Tempera com um pouco de sal e pimenta – não muito pois a pasta já tem bastante sabor.

Caril rápido de Peito de Perú

Em seguida coloca a carne de perú dentro da marinada e envolve bem. Podes fazê-lo numa taça maior ou num saco de congelação, daqueles com fecho de correr.

Deixa a marinhar pelo menos 15 minutos – por exemplo, é o tempo de preparar o acompanhamento. Mas também podes deixar de um dia para o outro, no frigorífico.

Para cozinhar o perú:

Pré-aquece o forno a 180º por 10 minutos.

Corta três pedaços de folha de alumínio de cozinha, suficientemente grandes para conseguires dobrar e fazer um pacote com a carne dentro.

Divide a carne de perú em três porções e coloca cada porção na folha respectiva. Decora com as folhas de coentros e fecha os papelotes.

Eu habitualmente centro os alimentos na folha e dobro para cima, enrolando as extremidades uma com a outra – é importante deixar ar dentro dos papelotes, para que se crie algum vapor durante a cozedura. Vê aqui em baixo.

Caril rápido de Peito de Perú

Caril rápido de Peito de Perú

Não ficam bonitos mas funcionam!

Põe no forno por 20 minutos. Quando tirares, deixa descansar cerca de 2 a 3 minutos antes de abrir. Quando abrires, espreme mais umas gotas de sumo lima em cima de cada montinho de perú, para dar um toque de frescura adicional.

Tens a opção de servires o perú dentro dos papelotes, sobretudo se tiveres mais jeito que eu para o formato 😉

Caril rápido de Peito de Perú

Noodles de curgete

A forma mais fácil de as fazer é com a ajuda de uma maquineta chamada “espiralizador”.

Com este modelo de manivela, fazer noodles de vegetais é coisa para 5 minutos. E não custa muito caro. O meu custou 20 libras na Amazon UK, há uns 2 anos.

Podes comê-las cruas, como fiz neste caso, ou salteá-las muito levemente numa frigideira com um pouco de azeite ou óleo de coco.

Tempera com sumo de lima, sal e pimenta.

Mais simples é impossível!

Caril rápido de Peito de Perú

Experimenta este prato, vais ver que ficas fã. E não deixes de partilhar connosco o resultado. Usa os hashtags #glowchef e #healthyeatingmadeeasy para podermos ver!

 

Artigos Relacionados

One thought on “Caril rápido de peito de perú

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *