Acompanhamentos, Receitas

2 receitas simples com batata cozida

Há umas semanas, quando publiquei as receitas de salmão, recebi um comentário no Facebook que me fez repensar um pouco o tipo de receitas que partilho aqui. Ou, pelo menos, a forma como falo delas.

É que, na verdade, é talvez mais fácil ter internet e chegar a este blog a partir de determinados pontos do globo do que obter alguns ingredientes no supermercado local.

Por isso decidi que iria sobretudo partilhar receitas com ingredientes comuns, que possam também ser inspiração para quem não vive entre um hipermercado, dois supermercados biológicos e uma mercearia gourmet.

E assim chegamos às receitas de hoje, com batatas. E quaisquer batatas servem para fazer funcionar estas receitas. Podes preferir batata branca ou doce, nova ou velha, grande ou pequena… as que quiseres!

Mesmo assim faço uma ressalva – não seria eu se não fizesse 😉

Eu prefiro batatas cozinhadas com pele. O que me obriga a um esforço de limpeza vigorosa cada vez que decido comê-las. Deixo as batatas de molho em água fria por 5 minutos e depois uso uma escova de unhas,  que guardo religiosamente por baixo do lava-loiças, para as esfregar.

Mas tu podes perfeitamente descascar as batatas se assim preferires. E as receitas funcionam perfeitamente das duas maneiras.

Estas receitas são também muito fáceis de multiplicar conforme o apetite de cada um e o número de pessoas.

Batatas cozidas com “gremolata”

Gremolata é um condimento tradicional da culinária italiana, que normalmente é servido com o clássico prato “Osso Bucco”. Aqui faço uma re-interpretação da receita original, para servir o propósito de alegrar as nossas batatinhas. Daí as aspas…

Ingredientes

por pessoa

  • 1 batata grande / 2 médias
  • 3 colheres de sopa de salsa picada
  • 1 dente de alho picado
  • 1 colher de sopa de raspa de casca de limão
  • 1 colher de chá de sumo de limão
  • 1 colher de sopa de azeite (usa o que quiseres, eu uso o Esporão biológico)

Método – as batatas

Começa por descascar ou lavar bem as batatas. Se forem grandes, corta cada uma em 8 pedaços. Caso sejam médias, corta cada uma em 4 pedaços.

Põe uma frigideira ao lume com um centímetro de altura de água quente e as batatas lá dentro. Tapa.

Deixa ferver e baixa o lume. As batatas devem levar 15 a 20 minutos a cozer nestas condições (novas levam menos tempo, mais velhas levam mais). Podes ter que acrescentar água a meio, vai verificando.

Não queremos puré 🙂

Experimenta as batatas com a ponta de uma faca e desliga o lume quando estiverem macias mas não desfeitas. É por isso que te dou esta sugestão de cozer a vapor em vez de dizer para as cozeres num tacho cheio de água.

Método – a “gremolata”

É só misturar todos os ingredientes numa taça.

Quando as batatas estiverem prontas, põe numa travessa. Deita o molho por cima e mistura com cuidado, para não desfazer as batatas.

Em alternativa, deita apenas uma parte do molho e leva o resto para a mesa para que cada um se sirva ao seu gosto.

Alternativas:

Podes usar coentros em vez de salsa ou mesmo a mistura das duas.

Podes juntar um pouco de hortelã ou de endro à salsa, se gostares destas ervas.

Podes usar lima em vez de limão, tanto a raspa como o sumo.

Podes seguir exatamente o mesmo método mas usar fruta como ananás ou manga, cortados em cubos pequeninos, em vez do alho. Neste caso o molho fica obviamente doce. Mas bom!

Batatas a vapor com vinagrete de limão e mostarda

Ingredientes

por pessoa

  • 1 batata grande / 2 médias
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de sopa de sumo de limão
  • 1 colher de chá de vinagre (o que tiveres em casa)
  • 2 colheres de chá de mostarda à Antiga (ou Dijon ou outra – usa a que tiveres)
  • uma pitada de sal e pimenta

Método – as batatas

Exatamente o mesmo que acima:

Começa por descascar ou lavar bem as batatas. Se forem grandes, corta cada uma em 8 pedaços. Caso sejam médias, corta cada uma em 4 pedaços.

Põe uma frigideira ao lume com um centímetro de altura de água quente e as batatas lá dentro. Tapa.

Deixa ferver e baixa o lume. As batatas devem levar 15 a 20 minutos a cozer nestas condições (novas levam menos tempo, mais velhas levam mais). Podes ter que acrescentar água a meio, vai verificando.

Método – o molho

Mistura todos os ingredientes num copo. Bate com um garfo para emulsionar e ficar com ar cremoso. Deita logo por cima das batatas, enquanto estão quentes.

Alternativas

Polvilha as batatas já temperadas com cajú tostado e partido em pedaços ou com sementes de abóbora tostadas.

Junta cenouras cozidas da mesma forma, ou então feijão verde.

Junta couve também cozida a vapor – cortada em tiras fica mais fácil de misturar com as batatas.

Usa o molho para temperar uma taça de arroz, em vez das batatas. Neste caso, faz o dobro da quantidade de molho por chávena de chá de arroz crú.

 

Experimenta estas receitas simples e super rápidas como acompanhamento de:

 

Para te ajudar a planear estas experiências, faz já o download das folhas de planeamento e lista de compras. São gratuitas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *